NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Após ler um artigo que abordava uma pesquisa realizada em 2013, com 1.087 empresários, verifiquei alguns dados alarmantes. Apenas 4,37%, dos 1.087 empresários entrevistados, não encontraram problemas em suas notas fiscais. Eles relatam que as empresas não atribuem o tratamento adequado em suas notas fiscais, e o risco de se receber uma penalização é grande, bem como pagar impostos de forma errônea, podendo acarretar alguns problemas, por exemplo, deixar de obter credito quando necessário.

Após esses anos, pouca coisa mudou. As empresas continuam errando, não estão preocupadas como deveriam, problemas críticos como falta de validação, armazenamento, e o cuidado com a integridade das notas fiscais ainda é altíssimo.

A pesquisa aborda também a preparação das empresas para a Manifestação do Destinatário, cruzamentos entre XMLs, escrituração fiscal, adoção do CT-e (conhecimento de transporte eletrônico), Eventos da NF-e, erros de NCM nas NF-e recebidas, multas já recebidas, dentre outros problemas observados. O levantamento indica que aproximadamente 59,83% das empresas ainda realizam procedimentos manuais para validação e armazenamento de suas NF-e, entre elas, 66,38% afirmaram que já receberam alguma NF-e inválida, cancelada ou com algum problema.

Ao meu ver, o artigo retrata a falta de investimento em Tecnologia, entretanto, esse investimento diminuiria drasticamente os problemas citados. É de extrema importância buscar um bom software, que faça cruzamentos de dados das notas fiscais recebidas, verificando se a mesma contém erros como CFOP não compatível com CST/CSOSN, CFOP não compatível com regime tributário, CST/CSOSN tributados ou não, entre outros milhares de cruzamentos que garantem a integridade das notas fiscais. Não esquecendo que esses cruzamentos também devem ser feitos em suas notas fiscais de saída.

Um software realmente adequado, também deve fazer consultas das notas fiscais eletrônicas emitidas para o empresário; vale lembrar que esta consulta deve feita diretamente da secretaria da fazenda, para se ter a certeza que as notas fiscais foram validadas ou canceladas, que o XML ou o DANFE não foram manipulados, desse modo, é possível identificar em tempo real todas as notas emitidas para sua empresa, evitando que empresas “fantasmas” ou outras empresas continuem emitindo notas fiscais sem seu conhecimento. Evitando surpresas desagradáveis com o fisco por não ter escriturado uma nota fiscal e deixado de pagar imposto da mesma, sem contar que seu estoque perante ao fisco ficará exorbitante.     

A Aliar Sistemas está sempre atenta a essas questões, deixando o empresário informado e resguardado destes erros. Nosso foco é a transparência e um software que dê segurança fiscal aos seus clientes.